Agenda de Atividades

Nenhum evento no calendário
Dezembro 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Informativo Online

Receba notícias, comunicados e informações em seu e-mail:

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) informa que nesta quinta-feira (18/02) haverá interrupção no abastecimento de água em parte do Centro (a partir da Panificadora Ripão, sentido Blumenau) e no bairro Pomerode Fundos (via principal e transversais).

O Samae informa que nesta terça-feira dia 19, o Reservatório (R1), abastecido pela Estação de Tratamento de Água (ETA) II, localizada na rua Bahia, continua parado.

A autarquia teve que parar os trabalhos do R1 no último domingo, dia 17 e segunda-feira, dia 18 para realizar uma manutenção corretiva, porém a alta turbidez do rio Itajaí-Açú, impossibilita o Samae de reabastecer o reservatório.

Informo que devido a novamente o Sistema Integrado de Ascurra, Rodeio e Apiúna ter perdido vazão na captação de água bruta do rio Itajaí-Açu, ainda em decorrência das fortes chuvas das últimas semanas que trouxeram grande quantidade de sedimentos e entulhos, será necessário paralisar o sistema a partir da tarde de hoje para limpeza. O serviço deve durar todo o período vespertino. Espera-se que com este trabalho a captação seja restabelecida com vazão plena no início da noite, e o sistema se normalize no decorrer da madrugada até o início da manhã de quarta-feira.

Nesta segunda-feira dia 18, o Samae continua a manutenção corretiva no Reservatório (R1), abastecido pela Estação de Tratamento de Água (ETA) II, localizada na rua Bahia que iniciou no último domingo, dia 17.

A manutenção acontece em decorrência de um vazamento no local e, por isso, o R1 teve que ser parado no período da manhã.

O SAMAE informa que com as fortes chuvas nesta madrugada de quinta-feira (22/10), o tratamento de água da ETA II foi interrompido às 4h30 da manhã, devido à alta turbidez do rio. O reservatório está com 46% de água, mas o SAMAE orienta aos moradores que economizem água, já que não é possível prever quando a turbidez voltará ao normal.